Netflix vai reduzir a qualidade do streaming no Brasil durante pandemia

Netflix vai reduzir a qualidade do streaming no Brasil durante pandemia

 

Medida já foi adotada na Europa. Serviço de Internet fixa no Brasil aumentou 40%, em 2019

O isolamento social causado pela pandemia do coronavírus vai obrigar o serviço de streaming Netflix a reduzir a qualidade de sua transmissão e, pelo menos, 25%. A medida já tinha sido tomada em países da Europa. De acordo com o site, Jovem Nerd, a medida já está sendo sentida em alguns Estados do Brasil.

Segundo o vice-presidente de entrega de conteúdo da plataforma, Ken Florance, em nota enviada ao jornal O Estado de São Paulo, haverá uma redução das taxas de bits utilizadas na transmissão e que o assinante pode até sentir a queda na qualidade da resolução, mas ainda receberá o vídeo na opção que paga ao streaming.

Essa medida tem sido adotada em diversos países para que a Internet não seja sobrecarregada. No Brasil, existe essa possibilidade, uma vez que houve um aumento no serviço de streaming no país.

Dados de 2019 da consultoria de mercado mobile App Annie apontam que o Brasil apresentou uma alta de 90% nas visualizações de streaming, o sexto maior crescimento mundial no período. Em paralelo, o tráfego de internet fixa teve alta média de 40% no país. O crescimento das plataformas de streaming deverá ser ainda mais impulsionado com a quarentena. 

“Com a dispensa dos alunos das escolas, os pais ganharam a responsabilidade de continuar trabalhando remotamente ao mesmo tempo em que precisam manter os filhos ocupados em casa. Isso acaba expandindo tanto o tráfego de internet quanto de plataformas de streaming como Netflix e Amazon Prime”, afirma Alexandre Bessa, professor de Canais Digitais da pós-graduação da ESPM SP.

Deixe uma resposta